Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde

A Gerência de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde (GVDANT-PS) tem como papel fundamental orientar e fomentar ações de vigilância e prevenção de Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANT) e de seus fatores de risco e proteção; analisar, disseminar e implementar a Política de Promoção da Saúde e a Política de Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências, por meio de articulação intra e intersetorial. A GVDANT-PS é composta por duas coordenações: Coordenação de Vigilância de Acidentes e Violências e Coordenação de Promoção da Saúde. A primeira se ocupa da vigilância das causas externas (acidentes e violências), com enfoque nas violências interpessoais e autoprovocadas e nos acidentes de transporte terrestre. À segunda compete a vigilância das Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT), com enfoque nas neoplasias malignas, por meio do Registro Hospitalar de Câncer; e a operacionalização da política de promoção da saúde, principalmente por meio dos Núcleos de Promoção da Saúde, Programa Academia da Saúde e Programa de Controle do Tabagismo e de Outros Fatores de Risco para as DCNT.

  

Plano de ações estratégicas para Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis em Pernambuco 2013 - 2017

Vigilância de Violência e Acidentes

As violências e os acidentes, classificados como causas externas de morbidade e mortalidade, são problemas de saúde pública de elevada magnitude e de natureza complexa. Esses agravos são responsáveis por parcela significativa de óbitos e de incapacidades temporárias e permanentes dos indivíduos. A Vigilância de Violência e Acidentes (VIVA) tem como estratégias o Viva Contínuo (que contempla as violências interpessoais e autoprovocadas), Viva Inquérito (que contempla os atendimentos em serviços de urgência e emergência decorrentes das causas externas em geral) e Vigilância Sentinela para Acidentes de Transporte Terrestre (estratégia de vigilância adotada pela SES-PE desde 2010).

Arquivos de Violência

Arquivos de Acidentes de Transporte Terrestre

Promoção da Saúde

A Política de Promoção da Saúde tem como objetivo promover a qualidade de vida e reduzir a vulnerabilidade e riscos à saúde, o que requer uma atuação intersetorial, direcionada principalmente para alimentação saudável; práticas corporais/atividades físicas; prevenção do consumo de tabaco, álcool e outras drogas; e desenvolvimento sustentável.

Arquivos de Tabagismo (Programa de Controle de Tabagismo)

Arquivos de Câncer (Registro Hospitalar de Câncer)

Arquivos de Academia da Saúde

Arquivos de Publicações DGPMAVS

 

Monitoramento e Avaliação em Vigilância em Saúde

A Gerência de Monitoramento e Avaliação da Vigilância em Saúde (GMAVS) tem como papel fundamental orientar e fomentar o monitoramento, a avaliação e a análise e disseminação de informações nas áreas técnicas da vigilância no nível central, regional e municipal com o intuito de auxiliar no levantamento de subsídios que apoiem a gestão na identificação de problemas, na definição de prioridades, na tomada de decisões  com o  aprimoramento das ações dos programas, promovendo e estimulando o aprendizado institucional. Esta é composta de (02) coordenações: A Coordenação de Monitoramento e Avaliação da Vigilância em Saúde e  a Coordenação de Análise e Disseminação da Informação em Saúde. A primeira tem como os principais eixos o fortalecimento da gestão da vigilância e o assessoramento de programas e das áreas técnicas. Já a segunda foca na produção e disponibilização de dados e informação em saúde para a população e profissionais de saúde. Em 2011, a gerência passou por reformulações estruturais com a mudança gerencial e a aquisição de um assessor administrativo, como também, mudanças na condução do seu processo de trabalho, pois houve a finalização das pactuações e monitoramento da Programação das Ações de Vigilância em Saúde (PAVS), estabelecidas pelo Ministério da Saúde desde 2008. Neste novo cenário foi proposto e elaborado o Monitoramento do desempenho da Gestão da Vigilância em Saúde (MDGV) que por meio do acompanhamento sistemático e contínuo de indicadores espera melhorar a qualidade e a transparência da gestão da vigilância.

Última atualização: terça, 4 Out 2016, 14:41